Perito Técnico de Teixeira de Freitas identifica corpo em avançado estágio de decomposição

No dia 3 deste mês, o Perito Técnico da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, Sandro de Abreu, foi designado pelo seu Coordenador Regional de Polícia Técnica, Manoel Garrido, para realizar identificação de um corpo que se encontrava em estado de esqueletização através de análise das impressões digitais do cadáver submetido à perícia médica.

De acordo com o Perito Técnico Sandro de Abreu, o corpo estava em estado de esqueletização e ainda não havia sido identificado formalmente, teria sido encaminhado para o Departamento da Polícia Técnica a fim de ser submetido à análise de impressões digitais para confirmar a identidade do mesmo. Ainda de acordo com o perito, os parentes da vítima teriam comparecido no (DPT) apresentando uma cédula de identidade em nome do idoso Valdomiro Ribeiro dos Santos, que estaria desaparecido, na cidade de Itanhém e segundo os familiares o corpo seria do mesmo, pois segundo a família teria reconhecido o corpo através das roupas e o relógio que estava com o mesmo.

Mesmo com a suposta confirmação visual dos parentes, foi preciso fazer o procedimento de coleta impressões digitais no periciado, pois no momento que o corpo foi encontrado a vítima não portava os documentos de identificação. E mesmo que estivesse portando, o protocolo operacional exige que todo corpo periciado seja identificado através de uma metodologia segura. Diante das circunstâncias o exame escolhido foi o da papiloscopia, em virtude de sua segurança e celeridade. Na perícia, o profissional escolhe os melhores dedos para serem hidratados com reagente forense apropriado.

“Após a coleta das impressões digitais do corpo esqueletizado pelo método de hidratação, foi comparada com as impressões papilares referente à pessoa do senhor Valdomiro Ribeiro dos Santos. Em seguida analisei e emiti um parecer positivo para a convergência entre a peça questionada (impressão coletada no corpo) e a peça padrão (impressão disposta no documento de identidade). Encerrado todos os procedimentos, o corpo foi liberado aos familiares”, finalizou Sandro de Abreu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *